Contêiner é tendência na arquitetura sustentável

Contêiner é tendência na arquitetura sustentável.

Soluções sustentáveis estão em alta nos projetos de arquitetura. Uma das que se destacam é o uso de contêineres em construções comerciais e até mesmo residenciais. A evolução do uso dos containers é muito interessante. Algo que inicialmente possuía fins apenas de transporte e armazenamento virou um método construtivo, como a construção em alvenaria leva tempo e exige diversos recursos, essa alternativa é uma solução mais econômica com uma diminuição no tempo de obra de até 50%, e que ainda preserva o meio ambiente.

Usados para o transporte dos mais variados tipos de carga, que vão desde alimentação até insumos para a indústria, a vida útil de um contêiner marítimo é de 10 anos, de acordo com a legislação internacional para transporte, no entanto, são estruturas com grande durabilidade e resistência, que podem ser reutilizadas em diversas outras áreas após “aposentado”. “Todos os tipos de contêineres podem ser usados na arquitetura, mas alguns cuidados precisam ser tomados, como escolher uma peça que não precise de muitos reparos na estrutura. Módulos amassados e com muitos pontos de desgaste e ferrugem exigem atenção redobrada do profissional”, alerta José Alves Cintrão Neto, consultor técnico da Solventex.

Embora a tendência esteja em alta, o uso de contêineres na construção não é uma novidade. As primeiras obras seguindo esse conceito foram levantadas na década de 1990, na Inglaterra. Alguns arquitetos usaram peças que estavam abandonadas em docas para essa função e deu certo.

“A solução traz um ar moderno e descolado para a arquitetura, e isso é o que procurávamos, ao planejar as lanchonetes da nossa franquia de sanduíches gregos”, comenta Fábio Lenhate, fundador da rede de franquias “Tô Falando Grego?”. O empresário contou com a consultoria da Solventex para escolher os melhores materiais para colocar a estrutura em uso.

Há mais de meio século no segmento de tintas industriais e com mais de 30 itens em seu catálogo, a Solventex conta com produtos para a recuperação, pintura e proteção dos contêineres marítimos para esta finalidade.
Para auxiliar quem pretende adotar esse modelo arquitetônico no seu projeto, o consultor técnico da Solventex dá as dicas.

Passo a passo para o uso de contêineres na arquitetura:

1- Limpeza pesada: o primeiro passo é limpar toda a área interna e externa do contêiner, já que não é possível saber que tipo de material foi transportado quando ele estava em uso. O ideal é usar produtos desinfetantes para uma higienização eficiente

2- Lixamento mecânico: prepare a superfície metálica com ajuda de lixadeiras e escova de aço, para retirar a tinta e outras camadas de produtos do contêiner. É importante eliminar os pontos de ferrugem e corrosão.

3-Lixamento manual: onde a ferramenta mecânica não alcança é preciso lixar, manualmente, cantos e outros espaços da estrutura metálica precisam ser lixados para a correta fixação dos materiais de preparação e pintura.

3-Escolha as tintas: é preciso levar em conta o ambiente em que a construção será instalada e suas intempéries, usar um bom primer e uma tinta de acabamento apropriada ajuda a aumentar sua durabilidade. Para quem prefere um acabamento com brilho, Cintrão recomenda o uso da linha de esmaltes acrílico e poliuretano da Solventex, mas orienta que quando optamos por um acabamento brilhante em um material que esta sendo reaproveitado, é natural que algumas falhas e imperfeições do container apareçam mais. Caso queira “maquiar” estas imperfeições, opte por um produto com acabamento acetinado.

4-Comece a pintura: aplique dua demãos do primer Zarcotex, Primertex ou Linha Premium da Solventex, com ação anticorrosiva o primer ajuda a proteger o material, sendo essencial na preparação de superfície, além de ser um promotor de aderência formando uma base para a tinta de acabamento, que facilita o trabalho de pintura. Para o material galvanizado, o especialista recomenda o uso do Primer Galvanitex.

Depois da aplicação do primer é preciso esperar o intervalo entre demãos, conforme orientação técnica, inicie a aplicação da tinta de acabamento e fique atento à preparação correta da superfície e ao processo de homogeneização da tinta, para garantir um bom resultado no trabalho.

Para uma finalização mais rápida, o especialista indica o uso do Primer Acabamento Solventex, este primer garante beleza e proteção, proporcionando um fino acabamento acetinado. Devido a sua formulação, dispensa o uso de primers ou fundos anticorrosivos às superfícies de metal, tornando o trabalho de pintura mais rápido, prático e econômico.

6 – Finalize as demais estruturas: se a construção contar com outras estruturas metálicas, faça a limpeza com solventes e repita o passo para aplicação do Primer Acabamento Solventex.

Para projetos mais elaborados, a Solventex conta com uma equipe de especialistas que oferece uma consultoria para a escolha de
cada produto e finalização. “É importante saber onde esse contêiner vai ficar para escolher o acabamento correto. Área urbana, rural ou orla marítima, existe o tratamento correto para cada caso”, finaliza o consultor técnico.

Comente sobre este post

Não se preocupe, seu endereço de email não será publicado.